O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE – SP) cassou no final da tarde desta terça-feira, dia 23, o mandato do presidente da... Ney Santos tem mandato cassado; presidente da Câmara deve recorrer de decisão

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE – SP) cassou no final da tarde desta terça-feira, dia 23, o mandato do presidente da Câmara de Vereadores do município de Embu das Artes, Ney Santos. A decisão, tomada em colegiado, foi unânime para a cassação do vereador que sofria um processo por captação ilícita de sufrágio (compra de votos). Ney, por meio de sua rede social, alega perseguição política atribuída ao Partido dos Trabalhadores (PT) no município, autor da ação movida em 2012.

Ney Santos em sessão ordinária na Câmara Municipal - Foto: Alexandre Oliveira

Ney Santos em sessão ordinária na Câmara Municipal – Foto: Alexandre Oliveira

A decisão foi baseada na realização de um evento beneficiente da Ong Vida Feliz, onde planfetos e faixas com a imagem do então, à época, candidato a vereador foram encontradas no local.

Em nota, Ney contestou a acusação de se beneficiar das ações da Ong. “Quem conhece minha trajetória, sabe que apoio diversos trabalhos sociais, principalmente na área da saúde, há mais de 10 anos, mesmo quando ainda não sonhava em ser político […] Quem conhece o trabalho da ONG VIDA FELIZ sabe que este nunca foi condicionado ao voto”, disse em comunicado.

Ney deverá recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O presidente da Câmara deverá comandar os trabalhos da sessão desta quarta-feira (24), aguardando o comunicado oficial do Tribunal a Casa Legislativa. Em seu lugar, a vereadora e vice-presidente, Rosana do Arthur, assumirá os trabalhos e deverá abrir votação para a eleição de um novo vice, na mesa diretora da Câmara.

 

Da redação

Nenhum comentario.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Necessário*